Projeto Pedagógico Ética e Valores Humanos na Escola

Colégio Villa Real
Projeto Pedagógico: Ética e Valores Humanos na Escola
SSP: Andréa do Nascimento
Direção: Ana Paula da Cruz Silva
 

Ética e Valores Humanos na Escola


ETAPAS DE DESENVOLVIMENTO DO PROJETO:


I.    CONTEXTUALIZAÇÃO/APRESENTAÇÃO

O homem vive em sociedade, convive com outros homens e, portanto, cabe-lhe pensar e responder à seguinte pergunta: “Como devo agir perante os outros?” Trata-se de uma pergunta fácil de ser formulada, mas difícil de ser respondida. Ora, esta é a questão central da Moral e da Ética.

Moral e Ética, às vezes, são palavras empregadas como sinônimos: conjunto de princípios ou padrões de conduta. Ética pode também significar Filosofia da Moral, portanto, um pensamento reflexivo sobre os valores e as normas que regem as condutas humanas. Em outro sentido, Ética pode referir-se a um conjunto de princípios e normas que um grupo estabelece para seu exercício profissional (por exemplo, os códigos de ética dos médicos). Em outro sentido, ainda, pode referir-se a uma distinção entre princípios que dão rumo ao pensar sem, de antemão, prever formas precisas de conduta (ética) e regras precisas e fechadas (moral). Finalmente, deve-se chamar a atenção para o fato de a palavra “moral” ter, para muitos, adquirido sentido pejorativo, associado a “moralismo”. Assim, muitos preferem associar à palavra ética os valores e regras que prezem, querendo assim marcar diferenças com os moralistas.

Como o objetivo deste projeto é o de propor atividades que levem o aluno a pensar sobre a sua conduta e a dos outros a partir de princípios, nomeou-se o tema de “Ética e Valores Humanos na Escola”.

II.    JUSTIFICATIVA

Ao observar a relevância de trabalhar no âmbito escolar com a educação ética, e acreditando que a escola deve ser um lugar onde os valores morais são pensados, refletidos, e não meramente impostos, esse projeto mostrou-se pertinente.

A escola deve ser um lugar onde cada aluno encontre a possibilidade de se instrumentalizar para a realização de seus projetos; por isso, a qualidade do ensino é condição necessária à formação moral de seus alunos. Se não promove um ensino de boa qualidade, a escola condena seus alunos a sérias dificuldades futuras na vida e, decorrentemente, a que vejam seus projetos de vida frustrados.

Ao lado do trabalho de ensino, o convívio dentro da escola deve ser organizado de maneira que os conceitos de justiça, respeito e solidariedade sejam vivificados e compreendidos pelos alunos como aliados à perspectiva de uma “vida boa”. Dessa forma, não somente os alunos perceberão que esses valores e as regras decorrentes são coerentes com seus projetos de felicidade como serão integrados às suas personalidades: respeitar-se-ão pelo fato de respeita-los.

III.    PÚBLICO ALVO

Alunos da Educação Infantil e do Ensino Fundamental I.

IV.    GRUPO DE TRABALHO

Professores da Educação Infantil, professores do Ensino Fundamental I, auxiliares de educação, funcionários da escola, coordenação pedagógica e direção.

V.    OBJETIVO GERAL

Compreender a vida escolar como participação no espaço público, utilizando e aplicando os conhecimentos adquiridos nas atitudes diárias necessárias ao convívio em sociedade.

VI.    OBJETIVOS ESPECÍFICOS

  • Adotar atitudes de respeito pelas diferenças entre as pessoas, respeito esse necessário ao convívio no ambiente escolar;
  • Adotar no dia-a-dia, atitudes de solidariedade, cooperação e respeito;
  • Valorizar e empregar o diálogo como forma de esclarecer conflitos e tomar decisões coletivas;
  • Conhecer os limites colocados pela escola e participar  da construção coletiva de regras que organizam a vida do grupo.

VII.    METODOLOGIA

  • Durante a 1ª reunião pedagógica do colégio, o projeto será proposto pela coordenação pedagógica aos professores.
  • Durante a primeira quinzena do mês de fevereiro do ano de 2012, os alunos elaborarão ideias, ações e regras de conduta visando melhorar o convívio entre todos, alunos, professores, funcionários etc.
  • Serão também, considerados os “Combinados” feitos entre as professoras e alunos das turmas da Educação Infantil.
  • As sugestões elaboradas pelos alunos serão analisadas e escolhidas para compor o  “Manual de Conduta” para a comunidade escolar.
  • As salas também confeccionarão murais contendo as regras elaboradas pelas turmas.
  • Todos serão incentivados a aderir à campanha e também a atuar como incentivadores e observadores de resultados da mesma.
  • O “Manual de Conduta” será anexado em todas as agendas dos alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental I no dia da 1ª reunião de pais e professores (em 15/02/2012).

VIII.    RECURSOS

Estarão envolvidos no projeto: professores, auxiliares de ensino, coordenação pedagógica, direção, demais funcionários.

Recursos materiais: papeis diversos (cartolina, papel ofício, papel fantasia, colorset etc.), lápis de cores, giz de cera, colas, tesouras, lápis de escrever, borrachas, durex, entre outros.

IX.    AVALIAÇÃO

Espera-se que o aluno saiba quais são os limites da escola, quem os determina e qual a sua finalidade, compreendendo que as regras devem ser instrumentos tanto para organizar a vida coletiva quanto para assegurar critérios de justiça e democracia. Da mesma forma espera-se que, num processo de construção coletiva, e com a ajuda do professor, o aluno seja capaz de propor, avaliar e acatar regras para o convívio escolar da classe e da escola.
 
X.    REGISTROS

Os registros foram feitos sob a forma de ilustrações, fotos e materiais confeccionados:


XI.    DURAÇÃO DO PROJETO NA ESCOLA


Início: 01 de fevereiro de 2012.
Término: Ao final do ano letivo de 2012.

XII.    REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

  • Parâmetros Curriculares Nacionais: Apresentação dos Temas Transversais e Ética./Secretaria de Educação Fundamental. – Brasília: 1997.Disponível em:< http://www.cincominutos.org > Acesso em 20 de janeiro de 2012.

 
Manual de Conduta


ProjetoPedagogico11

Durante a primeira quinzena do mês de fevereiro do ano de 2012, os alunos elaboraram ideias, ações e regras de conduta visando melhorar o convívio entre todos, alunos, professores, funcionários etc. Foram também, considerados os “Combinados” das turminhas da Educação Infantil.
As sugestões elaboradas pelos alunos foram analisadas e escolhidas para compor o  “Manual de Conduta” para a comunidade escolar.

1.    Saber ouvir;
2.    Respeitar os colegas, professora e funcionários da escola;
3.    Comportar-se bem na sala de aula, com ou sem a presença da professora;
4.    Educar o tom de voz;
5.    Evitar correr nos corredores da escola;
6.    respeitar a fila ao sair e entrar na sala;
7.    Receber com educação aqueles que nos visitarem;
8.    Trazer o material escolar bem cuidado, completo, limpo, encapado e etiquetado às aulas do dia;
9.    Não mexer no material que não lhe pertença;
10.    Ter cuidado com o material escolar;
11.    Fazer os “Deveres de Casa” todos os dias;
12.    Jogar o lixo no lixo;
13.    Não dizer que não sabe, tentar fazer primeiro;
14.    Esperar a vez de falar;
15.    Dizer sempre: por favor, com licença e obrigado;
16.    Entrar para a sala de aula e dela sair sem tumulto e com respeito aos colegas e professores;
17.    Comportar-se educadamente no horário do recreio e em todas as dependências da escola;
18.    Sair da sala somente com a permissão do professor;
19.    Defender-se quando acusado injustamente;
20.     Evitar trazer para a escola objeto de muito valor como: celular, MP3 ou MP4 e outros;
21.    Ser amigo e amável com todos.

Regras elaboradas pelos alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental I.

(Manual colado nas agendas dos alunos)

Temos 5 visitantes e Nenhum membro online